quarta-feira, 29 de dezembro de 2010

Saga Evanescente - Rubro - Patrícia Camargo

Oi gente! Voltei de viagem faz uns dois dias, mas fiquei com preguiça de postar, e sinceramente desculpe a grosseria, mas no momento eu tenho coisas mais importantes á fazer do que postar coisas aqui.

Eu não li esse livro chamado Rubro, primeiro livro da Saga Evanescente, mas quando vi as sinopses dos livros da saga (é, já tem tudo isso) eu gostei bastante, e tem um motivo muito especial. Primeiro, vejam:

Rubro
Era uma vez uma menina.
Mas ela era não uma menina qualquer. E ele sabia disso. Ele sabia disso, e mesmo assim se deixou envolver. Ele sabia que ela o destruiria. Sabia. Sabia que tê-la em sua vida uma vez podia ser coincidência. Sabia que duas vezes, algo estaria errado. E certamente sabia que vê-la em sua frente, uma terceira vez, só faria estragos.
Mas ela não era uma menina qualquer.




Lótus
Acorde.
Porque os fantasmas das suas memórias podem estar a espreita. Porque nada é mais vulnerável que uma mente desacordada. Porque, talvez, ela não quisesse realmente saber a verdade. Porque... Porque a verdade pode doer. Porque a verdade pode nos trair. Porque feridas do passado não devem ser reabertas.
Porque os fantasmas das suas memórias podem estar a espreita.



Ônix tempo algum, deve ser
 Qual a regra que jamais, em tempo algum, deve ser quebrada? Talvez quando essa regra é quebrada, as criaturas da noite aproveitem. Ou talvez os males não serão tão grandes. Talvez o sorriso de uma criança compense tudo. E talvez o que acreditamos ser verdade possa nos redimir. Mas...
Talvez quando essa regra é quebrada, as criaturas da noite aproveitem.




Paládio
Faça um pedido.
E então se arrependa. E quem sabe um dia a sua alma não se condene. E reze. E quando o sangue subir ao céu, finalmente acredite que um oráculo nunca falha. E descobrir que ele vai morrer, e não haverá nada a ser feito.
E então se arrependa.



PS: As fotos são capas alternativas feitas pela escritora e suas amigas

Porque eu disse que me interessei por um motivo especial?
Bem, primeiro eu vi essas sinopses e achei que deve ser uma história muito legal. Só que isso foi a muito tempo. E hoje, eu vi o primeiro capitulo num blog, e achei muito legal. Vi também num outro blog algo que me impressionou muito. A escritora, Patrícia Camargo, tem 15 anos. Isso mesmo. QUINZE. E como todo mundo já sabe, eu também escrevo meu livro e vou te falar, não é fácil não. Nem um pouco. Eu baixei o livro para ler, o primeiro, Rubro e ver se é bom mesmo. Mas estou apoiando a causa.
Por que eu apoio a causa? É que o livro ainda não foi lançado e a autora esta a procura de uma editora para ele ser lançado. O que acontece é que a editora (dependendo) não lança o livro se ele não tiver, vamos dizer assim, um fã clube de pessoas que querem ele, e que no caso comprariam ele. É dificil publicar um livro, embora não pareça, e é muito mais dificil pra alguém que é menor de idade, e não é conhecido no ramo da escrita. Imagine. Se você tem uma editora, você iria preferir publicar o quê: Um livro novo da Stephenie Meyer ou um livro de uma pessoa que ninguém nunca ouviu falar, que você nem sabe se vai vender? A RESPOSTA É ÓBVIA.
Então eu apoio a causa, e isso não é nada mais justo, já que quando eu for publicar o meu livro também vou ter uma série de dificuldades.

Quem quiser apoiar, pode entrar no blog clicando aqui, e/ou colocando esse gif animado no seu blog, como eu fiz.
Agora deixa eu voltar ao trabalho. Beijos!

Um comentário:

Danilly Nunes disse...

ja se passarão alguns anos mas sou fã das meninas e gostaria de saber se elas já publicarão o livro onix?
obrigada!!!!!